Buscar

26 - Vida em meio ao caos

“No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito” (João 1:1-3).


Jesus é o Verbo da vida. Ele é o meio pelo qual todas as coisas são feitas, renovadas e sustentadas. Ele estava no princípio com Deus, agindo como o “haja”, que fez da terra coberta de trevas, sem forma e vazia, a perfeita e maravilhosa obra da Criação (Gênesis 1). Esse mesmo Verbo é a essência da Palavra que nos é dada hoje, por meio das Escrituras como escudo e proteção, defesa e ataque nas tribulações e adversidades (Efésios 6:17). É a arma eficiente que nos capacita para não somente passarmos pelo caos, como também sermos participantes ativos na transformação desses cenários caóticos, por meio dele, a Palavra, o Verbo.


Alcance a sua Bíblia e vamos refletir em uma situação de caos narrada em Ezequiel 37: 1-10. O capítulo conta que o profeta foi conduzido pelo Espírito do Senhor a um vale coberto de ossos que estavam sequíssimos. Era um contexto de morte e desordem total. O Espírito do Senhor conduziu Ezequiel até ali sem nenhum propósito? Digo qua não, pois o Espírito lhe deu um comando, Ele disse: “Profetize a esses ossos e diga-lhes: Ossos secos, ouçam a palavra do Senhor”! (Ezequiel 37:4).


Fico imaginando e parafraseando essa ordem dada. Na minha cabeça, ela soa assim: Escutem ossos secos, ouçam a Palavra, ouçam o Verbo! Aquele que é capaz de devolver-lhes a vida, de fazer aparecer carne novamente sobre vocês e os cobrir com pele, de lhes dar um espírito e os levantar como um enorme exército forte e poderoso sobre a terra!

É importante observar que o Senhor não só estava presente naquele episódio ordenando todas as coisas em seu devido lugar e trazendo novas à existência, como também, anteriormente, fez um chamado ao seu servo profeta para participar dessa obra de novidade de vida por meio de uma atitude poderosa: o declarar da Palavra.


Jesus nos guia em meios ao caos também ao nos oferecer amparo e proteção, quando nos equipa em todo tempo com a sua palavra para que possamos agir e reagir nos momentos de tribulações. Por isso em situações de crises e desordem, sejam pessoais ou externas, nós podemos tomar posse dela e proclamá-la .


Jesus é O Verbo de Deus, a expressão da Palavra que pode mudar circunstâncias de obscuridade e confusão. Enquanto a nós, como proclamadores das Boas Novas, somos convocados para declará-lO sobre esses contextos, sobre a nossa casa, famílias e nações! A profetizar o “haja” vida sobre os cenários de escuridão e morte.


Uma maneira apropriada para isso é orar fazendo o uso das Escrituras. Em suas orações declare salmos, proclame as promessas das ricas bençãos de salvação que Deus tem para o seu povo, na esperança que, Aquele que está assentado no Trono em breve nos dirá: "Eis que estou fazendo novas todas as coisas”(Apocalipse 21:5).


Oração:

Jesus, eu creio que tu és o Verbo de Deus. Te declaro sobre os contextos terriveis que me cercam, sobre as causas que parecem sem esperança. Não há impossíveis para Ti. Que a vida se manifeste por teu intermédio e todos os povos te adorem, em teu nome, Amém!

Por Jeane Chaves Ramos

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram