SER TARDIO PARA FALAR E A NECESSIDADE DE OPINAR SOBRE TUDO.

Nos dias de hoje quem não se posiciona, batendo o martelo sobre todos os assuntos do momento é visto como fraco ou alienado.

O desejo de ser admirado, visto ou notado leva inúmeros cristão a serem rápidos no falar e tardios no ouvir. Decretamos sentenças sem antes ler os fatos, opinamos sem antes estudar o texto bíblico. Nos informamos por postagens e embasamos nossa opinião no que o influenciador X ou Y falou, estamos falando de forma rasa, pois não estamos dispostos a ouvir e nos aprofundarmos.

A velocidade de opinião que a internet exige deem as costas para a sabedoria. O tempo é exatamente o que nos possibilita orar, estudar, ir para a Palavra, nos informarmos, escutarmos.

Estamos em uma geração de faladores compulsivos, onde é normal se considerar “conhecedor” de um assunto após ler por meia hora sobre ele, novamente, viramos ás costas para a sabedoria.

Mas não somente isso, a velocidade para compartilhar sobre o assunto do momento nos rouba algo precioso, a capacidade de tratar a nossa ira diante do Senhor. Não concordamos com algo, nos iramos e rapidamente jogamos nossos piores pensamentos e comentários para o mundo ler.

Nós somos chamados a levar a Palavra de Deus e os princípios do Reino por toda essa terra, mas também somos chamados a agirmos como filhos sábios e amorosos. Sem sabedoria gritaremos raivosos palavras que deveriam ser proclamadas com a graça de Cristo. Sem sabedoria nos tornaremos tolos que pela ansia de opinar esquecem de se aprofundar nos ensinamentos do Pai.

Sem sabedoria trocaremos a temperança por desequilíbrio, o ouvir pelo falar. Existe tempo para tudo, mas somente os sábios não se deixam levar pelo ritmo da atualidade.