IDENTIDADE FIRMADA

Eu já recebi inúmeros rótulos e creio que a história não é diferente para você.

Quando entrei na faculdade de moda alguns me apontavam como fútil, quando mudei de país outras me chamaram de insensível. Quando ganhei peso alguns me disseram nas entrelinhas que eu estava descuidada, quando comecei a fazer atividade física me chamaram de vaidosa.

Os rótulos sempre pairaram na minha vida e por muitos anos eu pegava todos eles e colava em mim. Preciso perder peso, preciso aprender um novo idioma, preciso falar mais baixo, preciso mostrar que sou inteligente, preciso, preciso e preciso. Você percebe a prisão que todos esses pensamentos nos colocam?

Se engana quem pensa que conhecer a Cristo nos livra de maneira instantânea dos rótulos, para nos libertarmos nós precisamos compreender quem nós somos em Cristo.

Eu conheci Jesus com 11 anos de idade e somente compreendi que minha identidade estava firmada nele depois dos 20. Eu só entendi que era uma filha amada de Deus quando já estava no seminário, repleta de rótulos colados pelo corpo e um coração em prantos. Mas um dia, a presença de Cristo adentrou meu quarto, em meio as lágrimas e a frustração eu escutei Deus me dizendo: você é minha filha amada.

Nunca vou esquecer esse dia, todos os rótulos caíram ao chão, todas as vozes que eu escutava se silenciaram. Nesse dia eu entendi que meu papel nessa terra não é me mover em busca de “bons” rótulos, mas ser uma oferta agradável ao meu bom Deus.

Quando sabemos quem nós somos em Cristo, passamos a ser definidas somente pelo amor do nosso Senhor. Nenhum rótulo consegue tirar a nossa paz e então vivemos somente por Cristo e para Cristo, não mais para saciar a opinião daqueles que insistem em tentar medir nosso valor com olhos terrenos.