Buscar

Provérbios 3 - A Sabedoria guia nosso caminhar

3:1-4 Os ensinos de Deus

“Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos. Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz. Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração. E acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e do homem”


A primeira condição para recebermos a orientação de Deus é aprender a verdade de dEle, os ensinos e os mandamentos de Deus jamais devem ser esquecidos. O amor e a fidelidade não podem ser atitudes ou ações esporádicas, elas devem acompanhar o cristão em todos os momentos de sua vida.

3:5-6 A recompensa de andar com Deus

“Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.


A promessa de Deus é que Ele endireitará nossas veredas, mas o cumprimento dessa promessa é relacionado a nossa obediência ao Senhor. Devemos crer em Deus de todo nosso coração e obedecer aos seus mandamentos em todas as situações.

Endireitará em Hebraico significa tornar reto. Sendo assim o versículo não nos promete uma clara orientação, mas capacidade de avançar na direção correta.


3:7-8 Falsa sabedoria

“Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal. Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos.

"Não seja sábio aos teus próprios olhos" é um convite a humildade, somente os humildes conhecem a verdadeira essência da sabedoria. O cristão também deve ser guiado em sua vida pelo temor ao Senhor, mantendo-se afastado de tudo o que é errado e desaprovado por Deus.

3:9-10 Honre ao Senhor com tudo o que você tem

“Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos; E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.”


Deus é o dono de tudo o que existe no mundo, um cristão deve honrar a Deus com os seus bens, quando deixamos de sermos fiéis em nossa oferta ao Senhor estamos mostrando que de certa forma não confiamos nele.

Deus enche nossos celeiros quando devolvemos o que pertence a Ele, essa promessa vai além de bens materiais ou financeiros, no Pai já temos tudo o que necessitamos.


3:11-12 A disciplina de Deus

“Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão. Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem.


Essa citação já aparece em Jó 5:17, com a diferença que Deus é chamado de “Todo-poderoso” ao invés de Senhor. O cristão não deve nunca esquecer que a disciplina faz parte do plano de Deus, muitas vezes necessitamos, assim como crianças, sermos disciplinados. Onde existe amor, existe disciplina. Você tem aceitado a disciplina de Deus?


3:13-15 As bençãos de ter sabedoria

“Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino. Mais preciosa é do que os rubis, e tudo o que mais possas desejar não se pode comparar a ela.


A sabedoria é uma dadiva de Deus, deve ser desejada e buscada. Algumas pessoas sabem o preço de tudo, mas não sabem o valor de nada, em decorrência disso esquecem o que tem verdadeiro valor na vida e gastam suas energias atrás de coisas que somente possuem preço, mas nenhum valor. Provérbios nos fala que a maior riqueza que podemos buscar aqui na terra é a sabedoria, ela merece nossos maiores investimentos. 3:16-20 Os frutos e o caminho da sabedoria

“Vida longa de dias está na sua mão direita; e na esquerda, riquezas e honra. Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas de paz. É árvore de vida para os que dela tomam, e são bem-aventurados todos os que a retêm. O Senhor, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus. Pelo seu conhecimento se fenderam os abismos, e as nuvens destilam o orvalho.”


Salomão apresenta três frutos da sabedoria: longevidade, riquezas e honra. A sabedoria também guia por caminhos agradáveis, muitas escolhas podem parecer boas aos olhos humanos, mas no final levam a desgraça. Todos os que andam no caminho da luz sabem onde irão chegar. Aqueles que retém sabedoria são verdadeiramente felizes, independente das circunstâncias que estejam vivendo. Deus usou de sabedoria para criar o universo, e Ele também nos concede sabedoria para viver nesse mundo. 3:21- 26 O cuidado e providência de Deus

“Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos: guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso; Porque serão vida para a tua alma, e adorno ao teu pescoço. Então andarás confiante pelo teu caminho, e o teu pé não tropeçará. Quando te deitares, não temerás; ao contrário, o teu sono será suave ao te deitares. Não temas o pavor repentino, nem a investida dos perversos quando vier. Porque o Senhor será a tua esperança; guardará os teus pés de serem capturados.”

Quando Deus dirige nosso caminho Ele é capaz de guarda-lo. Ao nos entregarmos a Deus todo o nosso corpo pertence a ele e será cuidado pelo Pai. Ele ajudará os seus filhos a manterem os olhos voltados para a direção certa, não permitirá que o pescoço se vire para a direção que levará para longe dos seus caminhos, também manterá nossos pés no caminho correto.

3:27-32 A sabedoria guia o relacionamento com os outros

“Não deixes de fazer bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo. Não digas ao teu próximo: Vai, e volta amanhã que to darei, se já o tens contigo. Não maquines o mal contra o teu próximo, pois que habita contigo confiadamente. Não contendas com alguém sem causa, se não te fez nenhum mal. Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum dos seus caminhos. Porque o perverso é abominável ao Senhor, mas com os sinceros ele tem intimidade.”

Os cristãos sábios são generosos com os outros, esforçam-se ao máximo para evitar conflitos desnecessários. Quando verdadeiramente amamos a Deus, também passamos a amar ao nosso próximo. O amor tem pressa em socorrer a pessoa amada, quem ama deixa de lado somente as palavras bonitas e se dedica a fazer a diferença na vida do outro.

O cristão deve estar preocupado em construir pontes de amizades e relacionamentos consolidados, deve evitar contendas sendo conhecido como alguém pacificador.

3:33-35 Benção e maldição

“A maldição do Senhor habita na casa do ímpio, mas a habitação dos justos abençoará. Certamente ele escarnecerá dos escarnecedores, mas dará graça aos mansos. Os sábios herdarão honra, mas os loucos tomam sobre si vergonha.

É fácil amar quem é agradável, porém se o nosso próximo for uma pessoa perversa que zomba da nossa fé, o próprio Deus nos guiara de modo que nossa luz brilhe em meio a escuridão. Salomão é claro, o que uma pessoa semeia também colherá, tanto os que plantam escarnio e maldição, como os que plantam benção.


Referências:

BRUCE, E. Comentário Bíblico NVI: Antigo e Novo Testamento. São Paulo: Editora Vida, 2008.

LOPES, Hernandes Dias. Provérbios: manual de sabedoria para a vida. São Paulo: Hagnos, 2016.

PFEIFFER, Charles. Comentário Bíblico Moody: Volume 1. São Paulo: Editora Batista Regular,2019.

KIDNER, Derek. Provérbios: introdução e comentário. São Paulo: Mundo Cristão, 1980. WIERSBE, Warren. Comentário Bíblico Expositivo: Antigo Testamento: Volume III, Poéticos. São Paulo: Geográfica editora, 2006.

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram