Buscar

Dia 21 - Enquanto nada acontece

Não quero ver você triste. Enquanto abaixa a cabeça para pensar em assuntos que ficaram para trás ou em momentos que anseia viver mas que demoram chegar, penso em um jeito, em palavras e canções para trazer de volta a sua alegria. Quero que olhe para Mim. Costumo lembrar isso sempre à você, porque mais do que olhar nos seus olhos quero lhe confortar com a segurança dos Meus. Você tem um futuro de paz a sua espera, mesmo que passando em meio ao caos (Sl 16.11; Jr 29.11).

Espere. Respire. O plano de fundo da sua vida hoje pode não estar muito agradável e você não sabe como trocar. Mas Tenho propósitos para você que alcançarão também outras gerações.

(Conheço as suas necessidades. Sei quais as cores da sua preferência; os móveis, e a casa que dialogam com vocês - já estão todos reservados (Mt 6.8; Mc 14.14-15). Pode parecer sem importância para quem não Me conhece ou para quem não a conhece, mas nós dois sabemos, que cores, casas e móveis não significam apenas o que são. Meus propósitos para você não tem qualquer cor, e nem todos os móveis encaixam-se em todos os propósitos. Dei bom senso a você para não usar um sofá no lugar de uma mesa cirúrgica, mesmo que Eu possa operar através de você em qualquer lugar. Tenha paciência, espere. Ânimo! Quero fortalecer o seu coração (Sl 27.14)).

Sou um Deus zeloso. Enxergo cada curva em seu caminho e também os possíveis acidentes que podem afastar seu coração do Meu. Visito a iniquidade dos pais nos filhos e nos filhos dos filhos (Ex 20.5-6). Percebo de perto as trilhas de cada alma que tem se acidentado. Muitos dos meus filhos ficam presos em meio as repetições dos pecados dos seus pais e avós - prendem-se e permanecem presos por falta de entendimento. Meu povo perece por falta de entendimento (Os 4.6). Continuam focados em obras distantes dos princípios da minha Palavra. Você costuma meditar nas lições que estão nela? Você tem baseado suas escolhas de acordo com os ensinamentos de Jesus? Você tem buscado conselheiras e conselheiros maduros na fé (Pv 24.6)? Filha, seja como criança na malícia, mas adulta no entendimento (I Co 14.20). Continue com o coração ensinável. Enquanto as novidades não chegam, firme-se na Minha Palavra. Ela é lâmpada para os seus pés e luz para o seu caminho (Sl 119.105). Tenha anseio por ela. Tenha prazer em buscar agir com sabedoria. Não deixe a ansiedade tomar decisões por você. Seja prudente (Pv 13.16). Não quero que esteja inquieta buscando cumprir metas diárias de leitura - mas que ganhe, ou persevere, no hábito de meditar no que as Escrituras falam e em consultá-la diante dos seus questionamentos (Sl 1.2). Dependendo do seu momento, pensar durante o dia em um versículo pode ser o suficiente, ou talvez seja necessário um estudo de muitos capítulos. Tenha sede por entendimento.

"A Sabedoria clama em alta voz pelas ruas, proclama nas praças públicas; brada do alto dos muros; à entrada das portas da cidade profere em alta voz o seu discurso: 'Até quando, ó insensatos, amareis a insensatez? E vós, zombadores, até quando tereis prazer na zombaria? E, vós, descontrolados, até quando desprezareis o conhecimento? Convertei-vos, pois, à minha exortação: eis que derramarei copiosamente sobre vós o meu espírito e vos revelarei as minhas palavras' (Pv 1.20-23)."

A constante renovação da mente é fundamental para viver uma vida abundante; viver as inovações necessárias em si mesma, na sua vida, segundo a Sabedoria. As transformações acontecem pouco a pouco como o nascer do sol (Pv 4.18). Você pode experimentar a Minha boa, perfeita e agradável vontade, mas é necessário viver uma mentalidade nova (Rm 12.2).

Por Bárbara dos Santos

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram