Buscar

Dia 3 - Deus em meio ao sofrimento

“Então Jó respondeu ao Senhor: Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos pode ser frustrado.” Jó 1: 1, 2.


O sofrimento é algo natural da vida e ele nos obriga a sermos dependentes de Deus. Jó não confessou supostos pecados encobertos como causa do seu sofrimento, no entanto, confessou sua falta de fé em Deus e amargura durante o período que sofria.


“Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” – Romanos 8: 28.


Esse versículo não afirma que todas as coisas são boas, nem que todas as coisas trabalham juntamente para o bem de todas as pessoas. Ao contrário, a grande promessa é que Deus dominará e trabalhará mesmo através das tragédias causadas pela presença do pecado no mundo para cumprir seu propósito nas vidas daqueles que respondem ao seu chamado.

Lendo Jó 1: 6-12, vemos que quando Deus deixa que satanás tire tudo de Jó, sua intenção é provar a força de caráter. Isso significa que Deus não sabia como seu servo agiria? Não, mas ele queria mostrar algo a Jó. O propósito daquilo era maior e o Senhor não permite sofrimento além do que podemos suportar.


Ninguém gosta de sofrer. É extremamente doloroso! E a Bíblia não nos apresenta soluções fáceis e simples para acabar com esse problema e com a dor, porém, ela nos mostra que o maior exemplo de lidar com isso é o nosso Jesus, que em tudo sofreu e venceu!


Não é fácil olhar ao redor e enxergar somente o caos, somente o deserto, lágrimas e dores, mas a Palavra nos diz que não devemos temer mal algum porque o Senhor está conosco e Ele luta por nós. É Ele que vai à nossa frente guerreando, é Ele que faz cair o maná do céu, brotar água da rocha, é Ele que vence a guerra.


Desespero não vai adiantar, se espernear feito uma criança dizendo que o Senhor tem que fazer conforme o seu querer é bobagem, pois Ele não está condicionado as nossas vontades.


O fato Dele não lhe explicar os motivos de você está vivendo tantas lutas e provações não significa que Seus ouvidos estão fechados para o seu clamor, não significa que Ele não se importa com seu sofrimento, muito pelo contrário. Melhor do que qualquer pessoa, o Senhor Deus conhece nossa dor, ele não despreza nosso choro e não invalida nossa tristeza. A própria Palavra nos mostra inúmeras vezes que a promessa de vida e alegria se manifesta na nossa fé e obediência.


Devemos ser como Jó, louvar ao Senhor mesmo que tudo nos seja tirado, mesmo que estejamos no leito de morte. “O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor” (Jó 1:21 parte b).


Muitas vezes nós nos encontramos como o salmista questionando “até quando Senhor?”, quando Ele está querendo trabalhar em nossas vidas durante esse período, quando deveríamos estar louvando ainda que não estejamos compreendendo o que está acontecendo. Lembre-se que a Bíblia diz que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e o Senhor é capaz de trazer significado até mesmo para as piores situações.


É melhor sofrer ao lado de Cristo do que sofrer no mundo. Deus mudou a sorte de Jó e lhe deu o dobro de tudo o que ele possuía antes. Em nenhum momento Jó se queixou e devemos aprender com ele a fecharmos nossas bocas para reclamar e abri-las para adorar, pois o sofrimento vem para o nosso bem, para o nosso amadurecimento e para que o propósito do Senhor seja concretizado; e somente um coração quebrantado experimenta uma intimidade ainda mais abençoada com Deus em meio ao caos.


Por Karina Marques

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram