CONTEMPLANDO A FACE DE DEUS NO DIA COMUM

"Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." 1 Coríntios 10:31


O desenrolar da vida diária muitas vezes nos faz entrar no modo automático e isso acontece com mais frequência do que imaginamos. Ao longo do nosso dia repetimos muitos rituais sem nem pensar muito sobre, por exemplo: acordamos, escovamos os dentes, calçamos nossos sapatos, penteamos nossos cabelos...


No entanto, ao vivermos no automático perdemos a beleza do dia a dia, porque não estamos presentes e focados em cada atividade que desempenhamos. Uma das nossas tendências neste estilo de vida é enaltecer o extraordinário como se o belo, o bom e o louvável só acontecesse nestes instantes.


O que é um erro já que a vida em sua maior parte está acontecendo no dia comum. Por isso, pautar o nosso coração apenas no brilho dos dias extraordinários nos faz sermos ingratos com a beleza, a provisão e a presença de Deus no dia comum, uma vez que o nosso Deus está conosco durante todos os dias das nossas vidas.


A nossa vida deve glorificar o nosso Deus, por isso todas as nossas ações devem demonstrar pelo menos um pouquinho daquilo que o Senhor é, fez e faz em nossas vidas. Desta forma, sermos amáveis, compassivos, tardios em nos irarmos já é um excelente começo. Mas de forma prática podemos também glorificar a Deus e manifestar o seu caráter ao cuidarmos da nossa casa, da nossa alimentação, do nosso corpo. Pois tudo que fazemos deve honrar a Deus.


Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo. Colossenses 3:23-24


A minha oração é para que possamos reconhecer o senhorio de Cristo em todos os nossos dias: os dias comuns, os dias extraordinários, os dias bons e os dias maus. Para que toda a nossa vida e todos os nossos atos possam glorificar o nosso Criador.


Sugestão de leitura: Liturgia do Ordinário – Tish H. Warren