A ETERNIDADE DO COMUM

Uma vida normal. É o que a maioria das pessoas pensa ter... Não são famosas, não possuem muitos seguidores, não fazem algo maravilhosamente bem, nem se destacam por algo específico. Apenas uma pessoa comum, com uma ocupação comum, em uma família comum, vivendo dias comuns. Só mais uma pessoa no meio de outras bilhões.

Talvez você se encaixe nessa descrição e acredite que nunca fará algo grande demais a ponto de realmente ser conhecido ou que suas atitudes são pequenas e sem efeito. E para dizer a verdade, é bem provável que nunca existirá uma rua com o seu nome, um filme sobre sua vida ou um monumento em sua homenagem. Mas o que realmente importa é ser conhecido pelo Autor da Vida.


Em Provérbios 15.3 podemos ler que “Os olhos do Senhor estão por toda parte, observando atentamente os maus e os bons.” Você é visto, notado e percebido. E essa verdade deveria ser a direção de toda sua vida. Você não deveria trabalhar para seu patrão, arrumar sua casa para sua mãe, participar do louvor da sua igreja para seu pastor ou ir na academia para você mesmo. Tudo o que fazemos na nossa vida é para o Senhor e a partir do momento em que enxergamos essa realidade passamos a viver para a glória de Deus.

Viver para glória de Deus é refletir Jesus por onde formos. Viver para glória de Deus é pensar e fazer o que realmente importa. E o que realmente importa? “Portanto, não olhamos para aquilo que agora podemos ver; em vez disso, fixamos o olhar naquilo que não se pode ver. Pois as coisas que agora vemos logo passarão, mas as que não podemos ver durarão para sempre.” (2 Co 4:18).


Vivemos uma vida comum para o eterno. O que vivemos no dia a dia, no simples e no escondido é refletido no eterno. A consciência de que Deus está ao seu lado e que você vive para Ele deveria nortear todas suas atitudes. Como você trabalharia se Jesus estivesse fisicamente do seu lado? E o serviço doméstico, você faria de qualquer jeito? Na igreja, você continuaria a fazer as coisas para ser notado? E na academia, as intenções seriam as mesmas das que são hoje? E o seu namoro, passaria dos limites? Lembre-se de que Jesus realmente está do seu lado em cada passo.


Não me importa ser reconhecida pelo mundo, porque o Senhor do mundo já me conhece mais do que eu mesma. Ele sabe cada passo que eu dou, cada pensamento que vem em minha mente e tudo o que ainda nem vivi. Há beleza e grandeza no ordinário. Pouco me importa ter meu nome escrito na placa de uma avenida. O que realmente importa é ter meu nome escrito no Livro da Vida, ter vivido uma vida para glória do Senhor, refletido Jesus e ter uma eternidade na presença do Pai. “O vencedor será igualmente vestido de branco. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, mas o reconhecerei diante do meu Pai e dos seus anjos.” (Ap 3.5)