Buscar

23 - Começos e recomeços

Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Buscar-me-eis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvireis.” (Jeremias 29:11-12)


Deus conhece o nosso coração e sabe que traçamos muitos planos.


Este ano que logo acaba foi como prova viva de que os planos de Deus são maiores e melhores do que os nossos planos. E de que os pensamentos de Deus ao nosso respeito são pensamentos de paz e de recomeço. Planos que nos dão a esperança de um futuro melhor.


Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do Senhor permanecerá.” (Provérbios 19:21)


Tivemos muitas decepções e, por inúmeras vezes, pensamos em desistir de tudo. Desistir porque cansamos de esperar pelo que não conseguimos ver, pelo que não nos é palpável. Essa necessidade de precisar ver e sentir vem da nossa limitação e do nosso sentimento de precisar controlar tudo o que estiver ao nosso alcance.


Mas hoje, minha irmã, Deus te convida, primeiramente, a descansar. Fique tranquila e confie na Sua poderosa palavra.


Em segundo lugar, Deus te convida a colocar todos os seus planos, medos e preocupações em Suas mãos. Ele tem cuidado de você! Ele deseja que você confie inteiramente porque Ele proverá tudo.


Em terceiro lugar, o Senhor te chama para uma nova vida. Te chama para um novo recomeço. Te chama a esquecer o passado, a lançá-lo no mar do esquecimento e seguir adiante com prazer e alegria em seus estatutos.


Por fim, Ele nos revela hoje, através da sua Palavra:

Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.

Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.

Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra, e caindo a árvore para o sul, ou para o norte, no lugar em que a árvore cair ali ficará.

Quem observa o vento, nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.

Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.

Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão igualmente boas.

Certamente suave é a luz, e agradável é aos olhos ver o sol.

Porém, se o homem viver muitos anos, e em todos eles se alegrar também se deve lembrar dos dias das trevas, porque hão de ser muitos. Tudo quanto sucede é vaidade”. (Eclesiastes 11:1-8)


Por Thatyane Pereira