21 - Recomeço todos os dias

"Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: Amem os seus inimigos, façam o bem aos que os odeiam, abençoem os que os amaldiçoam, orem por aqueles que os maltratam. Se alguém lhe bater numa face, ofereça-lhe também a outra. Se alguém lhe tirar a capa, não o impeça de tirar-lhe a túnica. Dê a todo o que lhe pedir, e se alguém tirar o que pertence a você, não lhe exija que o devolva. Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles.” Lucas 6:27-31


Encontrando minha lista de desejos e metas para 2020, dei-me conta de que a maioria dos tópicos se referia a coisas subjetivas e espirituais... Claro que haviam coisas concretas, relacionadas a bens materiais, pessoas, corpo físico, acontecimentos... No entanto, os maiores desejos do meu coração no final de 2020 eram relacionados à minha vida com Deus, e, apesar dos tropeços que o ano passado trouxe, meu coração permaneceu firme no Senhor.


Mesmo assim, quando pensava em 2021, não me vinham desejos ou metas na mente, apenas o medo de planejar e sonhar coisas que poderiam ser totalmente frustradas, mais uma vez. Mas então me dei conta de que uma coisa nunca vai mudar, independentemente dos acontecimentos no mundo: Deus.


O Senhor é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Temos acesso à sua presença independente das circunstâncias, podemos adorá-lo a qualquer momento... A vida cristã não se restringe a determinados cenários e situações, mas é um chamado permanente.

Pare um pouco e leia novamente o versículo em destaque (Lucas 6; 27-31). Seguir a Cristo consiste em cumprir seus mandamentos apesar do contexto em que nos encontramos. Por que não colocar como metas para 2021 ser como Cristo? Amar os nossos inimigos e orar por aqueles que nos maltratam? Sermos misericordiosos e compassivos com aqueles que nos ferem? Perdoar e pedir perdão? Dar com generosidade nosso tempo e nossa ajuda?


É claro que podemos e até devemos colocar como metas tudo aquilo que almejamos, como uma casa, carro, diploma, emprego, novos amigos, viagens, frequentar a academia e muito mais. No entanto, não podemos firmar nossa esperança quanto ao novo ano em coisas que são passageiras e circunstanciais. O segredo é colocar a nossa esperança e nossos alvos em Deus: orar mais, ler a bíblia, evangelizar, discipular, servir, mergulhar mais profundo no rio de Deus, buscar transformação dia após dia, tudo no Senhor, ser um cristão melhor, amar as pessoas e muitos outros propósitos que o Pai colocar no seu coração!


Que possamos fazer de 2021 um ano diferente, dentro de nós e em Deus, mesmo que todas as outras coisas permaneçam iguais. Haverá dias mais difíceis e cansativos, mas lembre-se que as misericórdias do Senhor se renovam todas as manhãs e, com elas, nossa chance de recomeçar.


Por Maria Eduarda Batistetti