Buscar

17 - O temor do Senhor

“Quanto a vós outros, servos, obedecei a vosso Senhor segundo a carne com temor e tremor, na sinceridade do vosso coração, como a Cristo” – Efésios 6: 5.


O que é temor? Algumas pessoas que ouvem essa expressão pensam que significa ter medo de Deus, mas em Provérbios 8: 13 diz que “o temor do Senhor consiste em aborrecer o mal”. Isso significa ter permanentemente para com o pecado a mesma atitude que Deus tem. O Senhor não tolera o pecado e por isso não lhe faz concessões.


Malaquias 2: 5 diz “Minha aliança com ele foi de vida e paz ambas lhe dei eu para que temesse; com efeito ele me temeu, e tremeu por causa do meu nome”. O tremer significa que nós devemos tremer diante de um ser cujo poder é imenso e supremo, um ser que foi e sempre será perfeito.


O temor do Senhor deve gerar em nós a mesma atitude que Ele tem: aversão. Deve despertar em nós um profundo respeito pela santidade de Deus. Obedecer ao Senhor por causa da ordem que Ele nos dá é importante, mas mais importante ainda é lhe obedecer pelo que Ele é! Isso porque o temor está ligado à obediência. E porque devemos obedecê-lo? Para conhecê-lo.


“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma” – 1 Coríntios 6: 12.


Obedeça ao Senhor independente daquilo que Ele for te pedir. A vontade dele é boa, perfeita e agradável e o chamado que Ele tem para você deve ser maior que sua própria vida!


O mundo está sempre sussurrando nos nossos ouvidos que não precisamos seguir os ensinamentos bíblicos, que é “nada a ver”, que você precisa aproveitar sua juventude e fazer o que lhe der vontade, mas tudo que fizermos, sejam coisas boas ou ruins, sofreremos as consequências. De início o pecado se apresenta de uma forma bonita, ele seduz com belas palavras e tem um gosto açucarado no começo; mas no fim ele mostra o quão horroroso é e o gosto de fel que possui.


Deus pediu que Sansão guardasse o segredo de sua força, mas enganado pela astúcia de uma mulher ele foi traído, teve o cabelo (fonte de sua força) cortado, foi ferido, tratado como lixo, zombado e seu fim foi a morte (Leia mais em Juízes 13: 2-5, 16: 4,5; 17-19). Jonas contrariou o chamado do Senhor e foi engolido por um grande peixe. Precisou passar por esse momento de aflição para fazer o ide do Pai (Lia mais em Jonas 1: 1-3; 3: 1-5).


A Bíblia está repleta de exemplos de pessoas que colheram o fruto amargo de sua desobediência e daqueles que honraram ao chamado e vontade do Senhor.


Efésios 6 começa falando sobre obedecer e honrar nossos pais (leia os versículos 1-3) e obedecer pai e mãe muitas vezes é difícil e nós gostamos muito de contrariar as ordens dadas por eles. Ainda que na época em que eles viveram tenha sido diferente, eles já foram jovens, eles sabem pelo que estamos passando e eles nos aconselham pra o nosso bem. Nós devemos obedecer porque isso é certo aos olhos de Deus.


O termo honra significa respeito e se você quer que lhe respeitem, precisa aprender a respeitar também.


A nossa obediência deve fluir do nosso amor por Deus. Se o amamos, teremos vontade de servi-lo e servindo a Deus teremos vontade de obedecer seus mandamentos. Não interessa o que o mundo diz, os seus valores devem ser os valores de Cristo, a sua devoção deve ser somente a Ele. O Pai nos chamou para sermos sal e luz, para fazermos a diferença e ainda que não venhamos a compreender o que Ele pede, ainda que as pessoas nos julguem, nos ache antiquados ou loucos, devemos obedecer. A obediência é melhor do que sacrificar!

Por Karina Marques

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram