Buscar

09 - Deus restaurou a nossa sorte

Como podemos viver alegres e com a esperança renovada, estando ainda num mundo de vivências tão terríveis? Como levar adiante o desafio de viver e permanecer alegres apesar das tão doloridas circunstâncias? O Salmo 126 nos ensina sobre como devemos viver alegres apesar dos sofrimentos advindos do mundo:


“Quando o Senhor trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: grandes coisas fez o Senhor a estes. Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres. Traze-nos outra vez, ó Senhor, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.” (Salmos 126)


O povo de Israel não acreditou no que viu. “Deus nos libertou do cativeiro. Eu não acredito! Estamos livres! Deus restaurou a nossa sorte”!


Depois de um cativeiro de setenta anos, o povo de Deus pôde sorrir novamente. A língua deles se encheu de alegria! Eles eram escravos, mas agora estavam livres. O Deus do povo de Israel lhes deu a liberdade. As outras nações viram e disseram: “Deus fez grandes coisas a estes”.


O que muito se percebe nesses versos é o quanto de esperança eles nos trazem. Eles nos lembram o quanto de alegria temos ao olhar para o passado, e o quanto de alegria temos e teremos ao olhar para o futuro.


“Quem sai andando e chorando enquanto semeia, voltará do seu caminho doloroso com júbilo”. Você olha para trás e vê o que Deus fez, e não há outro sentimento senão o de felicidade por lembrar do que o Senhor fez por nós através do seu Filho.


Ele nos libertou de tantos cativeiros ao longo desse ano. Ele nos salvou, nos livrou do cativeiro eterno e das garras da morte. Ele nos adotou e nos fez parte do seu povo. Ele nos ofereceu a salvação, e com ela a alegria de termos sido restaurados.


Deus nos perdoou. Deus esqueceu as nossas mazelas. Deus nos fez herdeiros, nos fez filhos. Esta é a razão da nossa alegria. E agora podemos olhar para trás e dizer: grandes coisas o Senhor fez por nós e por isso estamos alegres.


Podemos olhar para o futuro com esperança. Deus nos libertou. Deus restaurou a nossa sorte. Parece um sonho, mas não é. É Deus!


Por Thatyane Pereira