top of page

Mateus 7.15-23 – A árvore e o seu fruto

7.15-20 Nem tudo que parece, é

"Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas? Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons. Toda árvore que não produz bons é cortada e lançada ao fogo. Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!”


No trecho de hoje, Jesus continua alertando sobre as dificuldades de seguir e viver aquilo que Ele havia ensinado até então, e passa a falar sobre o cuidado com os falsos profetas. Jesus usa alguns exemplos para falar sobre aqueles que carregam Seu nome em seus lábios, mas não O tem no coração.


É provável que os ouvintes de Jesus teriam dificuldade em identificar e distinguir um falso profeta e um falso ensino, e a solução apresentada por Jesus é analisar os frutos. Mesmo que alguém possa ensinar algo que não é verdade em seu coração, os frutos não enganam.


Árvores dão frutos conforme a sua natureza. Uma macieira dá maçãs, uma figueira dá figos e uma bananeira dá bananas. Mas a macieira não se torna uma macieira por dar maçãs, ela dá maçãs porque é uma macieira.


Outro entendimento importante para a compreensão do texto é que ao se referir a falsos profetas, Jesus não está falando apenas daqueles que profetizavam, mas de todos aqueles que se colocavam na posição de falar em nome de Deus, ensinar sobre Ele e sobre a Palavra. Falsos profetas são aqueles que pervertem e distorcem as escrituras conforme seus desejos pessoais e aquilo que acham adequado Não se submetem à palavra, mas buscam utilizar a palavra para o seu próprio benefício, oferecendo um evangelho de facilidades que em nada se assemelha ao evangelho que Jesus ensinou.


Devemos tomar cuidado com a forma que os falsos profetas se apresentam, pois de acordo com o próprio Jesus, são como lobos em pele de ovelha, sua aparência é inofensiva e amorosa. No entanto, esses lobos não se preocupam com a verdade do evangelho, apenas com a aceitação do público e o controle que podem exercer.


Lembre-se que a palavra de Deus não deve se moldar à nossa vontade, mas nós devemos nos moldar à Palavra. Esteja atento, pois nossos frutos revelam quem realmente nós somos.


7.21-23 Fazer é mais que falar

"Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?’ Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!’”


A dura verdade desse trecho é que nem todos aqueles que se dizem seguidores de Jesus de fato vivem como seguidores de Cristo. Nem todos aqueles que falam como se fossem íntimos de Deus, de fato conhecem a Deus e são conhecidos por Ele. Jesus observa a obediência, mas os falsos profetas colocam a obediência a Deus e a busca por santidade em segundo plano.


O texto estudado hoje nos chama a ter cuidado. Primeiramente, cuidado com os falsos profetas e com suas meias verdades que se tornam mentiras completas. Em segundo lugar, cuidado para que não nos consideremos uma árvore boa, que dá maus frutos. Os verdadeiros discípulos seguem a Jesus nos termos de Jesus, e são transformados verdadeiramente.


Observe a sua própria vida. As suas atitudes são frutos que evidenciam uma árvore boa? O que mudou em sua vida a partir do momento em que você creu em Jesus como seu Senhor e Salvador? Mantenha as suas raízes firmes em Jesus, assim você poderá frutificar.


Autoria: Danielli Cadore

Revisão: Rafael Loureiro





BÍBLIA DE ESTUDO DA FÉ REFORMADA. Tradução de João Ferreira de Almeida – Edição Revista e Atualizada. São Paulo: Editora Fiel, 2021.

FERGUSON, Sinclair. O Sermão do Monte. São Bernardo do Campo: Editora Trinitas, 2019.

LLOYD-JONES, D. Martyn. Estudos no Sermão do Monte. São Paulo: Editora Fiel, 1984.

PFEIFFER, Charles. Comentário Bíblico Moody: Volume 2. São Paulo: Editora Batista Regular, 2019.

PINK, A. W. As Bem-aventuranças. São Paulo: O Estandarte de Cristo, 2022.

WESLEY, John. Comentário Bíblico.

WESLEY, John. O Sermão do Monte. São Paulo: Editora Vida, 2012.

WIERSBE, Warren. Comentário Bíblico Expositivo: Novo Testamento: Volume I. São Paulo: Geográfica editora, 2006.

Comentários


bottom of page