top of page

Mateus 5.33-37 – Os juramentos

5:33-37 As ações testemunham da nossa sinceridade

"Vocês também ouviram o que foi dito aos seus antepassados: ‘Não jure falsamente, mas cumpra os juramentos que você fez diante do Senhor’. Mas eu lhes digo: Não jurem de forma alguma: nem pelo céu, porque é o trono de Deus; nem pela terra, porque é o estrado de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei. E não jure pela sua cabeça, pois você não pode tornar branco ou preto nem um fio de cabelo. Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não; o que passar disso vem do Maligno.”


Assim como nos trechos já estudados do sermão, Jesus está aqui falando sobre a lei, e dando a sua perfeita interpretação, nesse momento, sobre o juramento. Jesus mostra que a interpretação dos escribas e fariseus era moldada e adaptada para servirem aos seus próprios desejos.


Em nossa vida, quando não vivemos de forma sincera, as pessoas terão a necessidade de colocar as nossas palavras à prova através do juramento. No entanto, como cristãos, somos chamados a viver de forma que a nossa palavra seja tão condizente com as nossas ações, que as pessoas confiem no nosso ‘sim’ e no nosso ‘não’.


Nos tempos de Jesus era comum que o juramento fosse utilizado como um artifício para dar veracidade às palavras de alguém, mesmo que essa pessoa não tivesse a verdadeira intenção de cumprir com esse juramento, e era isso que os fariseus faziam. À semelhança dos fariseus, podemos ser levados a usar de recursos que façam com que as nossas palavras pareçam verdadeiras, mas essa não é a maneira que Jesus nos chama a viver. Jesus nos chama a viver de forma tão sincera e verdadeira que os outros acreditarão em nossas palavras.


A vida de um seguidor de Jesus deve testemunhar o nome de Cristo. É por isso que, mesmo sem a necessidade de agir para cumprir juramentos, devemos agir de forma a glorificar o nome do Senhor. Quando reconhecemos isso em nosso coração, entendemos que as nossas ações são consequências do nosso caráter. O juramento é uma tentativa de corrigir externamente o que só pode ser corrigido em nosso interior.


Através da Palavra de Deus e da capacitação do Seu Espírito busque viver de uma maneira justa e caminhar em um caminho correto, de forma que aquilo que você fala seja confirmado pelo que você faz, e não por juramentos. É gratificante poder viver carregando o nome de Cristo, diariamente vivendo de forma que o seu ‘sim’ seja ‘sim’ e o seu ‘não’ seja ‘não’.


Autoria: Danielli Cadore

Revisão: Rafael Loureiro





BÍBLIA DE ESTUDO DA FÉ REFORMADA. Tradução de João Ferreira de Almeida – Edição Revista e Atualizada. São Paulo: Editora Fiel, 2021.

FERGUSON, Sinclair. O Sermão do Monte. São Bernardo do Campo: Editora Trinitas, 2019.

LLOYD-JONES, D. Martyn. Estudos no Sermão do Monte. São Paulo: Editora Fiel, 1984.

PFEIFFER, Charles. Comentário Bíblico Moody: Volume 2. São Paulo: Editora Batista Regular, 2019.

PINK, A. W. As Bem-aventuranças. São Paulo: O Estandarte de Cristo, 2022.

WESLEY, John. Comentário Bíblico.

WESLEY, John. O Sermão do Monte. São Paulo: Editora Vida, 2012.

WIERSBE, Warren. Comentário Bíblico Expositivo: Novo Testamento: Volume I. São Paulo: Geográfica editora, 2006.

1 Comment


Guest
Feb 01

Incrível exposição da Palavra! ❤️

Like
bottom of page