Buscar

25 -Quando quiseres murmurar, canta!

“E, como eles se não importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convém; sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pai e à mãe;” (Romanos 1:28, 30)


Em alguns momentos da vida eu sei que é realmente difícil não se queixar ou questionar os preceitos de Deus para nós. Mas é exatamente isso que precisamos exercitar diariamente: não murmurar.


Quando alguém murmura é porque não está contente com o que Deus o proporcionou e acha que merece algo melhor, mas precisamos entender que Deus não nos deve nada, nós é quem devemos eternamente a Ele. Cristo nos deu de presente a salvação, nos trouxe a vida e nos quer vivendo em harmonia uns com os outros.


“Deixando, pois, toda malícia, e todo engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações,” (1 Pedro 2:1)


“Estes são murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas concupiscências, e cuja boca diz coisas mui arrogantes, admirando as pessoas por causa do interesse.” (Judas 1:16)


Quando meditamos nos versículos acima, podemos perceber o quão mau é que sejamos pessoas murmuradoras, que não conseguem controlar aquilo que sai da boca. Somente com a ajuda do Espírito Santo é que podemos aprender a ponderar as nossas palavras, a mudar os velhos hábitos que nos fazem sofrer e não nos permitem evoluir e crescer na graça de Deus.


Mesmo que a vida não esteja andando nos trilhos daquilo que planejamos, que possamos não murmurar, mas agradecer a Deus pelo simples fato de estarmos vivos e podermos desfrutar desse mundo criado por Ele. Que possamos ser mais gratos pelas pequenas bênçãos diárias, pelas refeições que podemos fazer, pelo ar que podemos respirar, pela água potável que temos para beber. Temos tanto a agradecer que nem vemos. Temos tanto de bom a dizer a Deus que nem percebemos. Se pudéssemos ver o tanto de bênçãos, milagres, livramentos e derramamentos diários de graça, misericórdia e perdão, andaríamos muito mais tranqüilos e satisfeitos.


E, veja só, nem é tão difícil enxergar! Basta olhar a sua volta e você poderá contar as bênçãos aos montes. Assim, você se alegrará e poderá cantar aquele velho hino da Harpa Cristã, feliz e agradecido ao Pai que em tudo nos alimenta:


Em vez de murmurares, canta Um hino de louvor a Deus Jesus quer te dar vida santa Qual noiva levar-te pra os céus

E mesmo se as ondas rugirem No revolto e bravio mar Os céus poderás ver se abrirem Se um hino tua alma cantar Não temas ciladas, nem morte Pra cima tu deves olhar

Harpa Cristã. Não Murmures: canta – 302 HCA.


Por Thatyane Pereira

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram