17 - Escutando a voz de Deus

Fiquei pensando em como começar esse devocional e enquanto escutava um lindo louvor, acabei chegando no seguinte questionamento: Você sabe reconhecer o som da voz de Deus em meio as frustrações, desertos e vales que passamos durante a nossa caminhada? Não? Então saiba, que por muito tempo, eu também.


Durante o início da minha caminhada cristã, sempre ouvia as pessoas dizendo que Deus havia dado algumas instruções a elas, que o Espirito Santo as avisava de que aquele fardo seria temporário e que Jesus estava ao lado delas em todos os momentos de tribulações, e eu, como uma recém-convertida pensava: Porque elas possuem essas experiências e eu não? Será que sou uma farsa?


Foi num belo dia, sem nem ao menos ter tido um aviso prévio que o Pai falou comigo de uma forma única, simples e singela. De uma maneira que ele sabia que não me assustaria e que assim eu seria mais receptiva ao som de sua voz. Que momento extraordinário. Como é doce o som da sua voz e sua presença é gloriosa, seu poder é como fogo puro e seu poder, imensurável.


Saiba de uma coisa, o motivo de não conseguirmos ter um relacionamento íntimo com Ele, é porque, ou não insistimos, ou deixamos que o medo, a ansiedade, os vícios e as reclamações tomem conta do nosso dia a dia. Já percebeu como é mais fácil colocar a culpa dos nossos problemas em Deus, ou nas pessoas a nossa volta, do que de fato nos responsabilizarmos por isso?


Eu sei que durante a nossa vida, muitas injustiças sofremos, mas glórias a Deus por isso! Em Salmos 139, durante um dos momentos difíceis de Davi, ele diz “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações.”. Aqui podemos ver um homem que mesmo diante dos percalços da vida, JAMAIS, deixou de confiar em seu Criador, e que sabia, que a justiça seria feita não pelas próprias mãos, e sim pelo Divino, então, porque ainda duvidamos do amor do nosso Pai?


Creia que as palavras de Deus podem iniciar uma nova era e encerrar a era antiga. As pessoas só podem se apoiar no alicerce das palavras e obra de Deus, falando um pouco sobre suas próprias experiências e entendimento. Sendo assim, veja este momento como um ensinamento de Deus para que você possa ajudar as pessoas através do seu testemunho, não como alguém que desistiu ou perdeu, mas sim como um vencedor que superou os obstáculos e que atráves deles, adquiriu maturidade!


Portanto, guarde em seu coração essas palavras que te direi: quem de fato confia em Deus, NUNCA se frustra. Quem depende de Deus, NUNCA, se decepciona. E ainda mais importante do que as duas primeiras verdades, é que quem entrega a vida para Deus, NUNCA se desapontará com Ele.


“Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos, declara o Senhor… Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos.” (Isaías 55.8,9)


Por Bianca Leal