Buscar

13 - Chamadas para a pureza

“Cada um, porém, é tentado pelo próprio mau desejo, sendo por este arrastado e seduzido. Então esse desejo, tendo concebido, dá à luz o pecado, e o pecado, após ser consumado, gera a morte.” (Tiago 1.14-15)


Todos os dias o mundo nos diz que algumas práticas que Deus considera pecado não são tão erradas assim. Na maioria dos filmes, por exemplo, vemos que não é errado o sexo fora do casamento, “se te faz feliz, então você deve fazer”, esse é o pensamento que vem sendo propagado para nós. Um pensamento em que a única coisa que realmente importa é o prazer passageiro, pois é muito fácil pensar apenas no momento e se esquecer das consequências que virão depois, consequências eternas, e é sobre isso que quero conversar com você hoje.


Nós fomos chamadas para seguir os passos de Jesus (1 Pe 2.21), ainda somos imperfeitas, no entanto estamos em um processo de santificação com a ajuda do Espírito Santo. Um dos atributos de Deus é a Sua santidade (Lv 19.2), ou seja, nEle não se encontra pecado, Ele é puro! Já que Jesus é nosso exemplo devemos aprender aqui na Terra a sermos puras também, e quando falo de pureza não estou me referindo somente a exterior, mas principalmente à pureza do nosso coração.


Antes de cometermos qualquer imoralidade nós vemos o mau desejo surgir em nosso coração, se deixarmos que ele continue lá, esse desejo vai criando raízes e crescendo cada vez mais dentro de nós até o dia em que o fruto desse desejo surgirá, e como bem sabemos, o fruto do pecado é a morte (Rm 6.23). É exatamente isso que Tiago estava falando no versículo que citei no começo desse devocional, mais do que cuidar de nossa pureza exterior, devemos cuidar de nossa pureza interior, já que é em nosso íntimo que decidimos quem irá vencer: se será a santidade ou a imoralidade.


Para deixar mais claro vou usar como exemplo o sexo fora do casamento, a questão desse ato ser um pecado é algo indiscutível (1 Co 6.18-19; 1Co 7.9), mas reflita: será que se simplesmente não ter relações fora do casamento Deus pode te considerar pura? Quais têm sido os conteúdos que você consome? Quais são as músicas que você ouve? Como são os livros que você lê? E os filmes? Eu sei que ao ler todas essas perguntas você poderá achar que estou sendo muito ‘religiosa’, mas essa realmente não é minha intenção. O que eu quero aqui é que você pare um pouco e pense sobre o que você tem plantado em seu coração, tudo isso que citei pode parecer muito “inofensivo” em nosso dia a dia, contudo é através dessas coisas “inofensivas” que a imoralidade vai aos poucos invadindo o nosso coração.


E não se preocupe, todas nós passamos por situações que parecem ser “inofensivas”, mas não são, a questão é o que vamos fazer a partir de hoje ao nos depararmos com essas situações que tentam retirar nossa pureza em Cristo. Vou te dar algumas dicas que costumo fazer e espero que você comece e praticá-las o quanto antes possível:

1- Bloqueie tudo o que você acha que pode despertar um mau desejo em seu coração;

2- Substitua o que você bloqueou no passo anterior por coisas/conteúdos que te deixam mais “leve”, sabe? Sem peso na consciência;

3- Leia todos os dias a Palavra, ela é uma espada de dois gumes, e todo dia vai te colocar nos “trilhos” novamente;

4- Cultive uma amizade profunda com o Espírito Santo, Ele sempre nos alerta quando vamos fazer algo que o desagrada, o problema é que muitas vezes ignoramos esses alertas.

Estas são minhas dicas, se tiver alguma também deixa aqui nos comentários, vamos nos ajudar. E não se esqueça: cuide da pureza do seu coração!


Por Heloísa Galdino

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram