Buscar

05 - Ser alegre é ser contente em Deus

“Tu me fizeste conhecer os caminhos da vida e me encherás de alegria na tua presença”. (Atos 2:28)


Ao procurarmos pelo significado de alegria no dicionário encontramos as seguintes respostas: 1. Estado de viva satisfação, de vivo contentamento; regozijo, júbilo, prazer; e 2. Acontecimento feliz. Na nossa sociedade, a alegria é constantemente apresentada como sendo fruto do segundo significado, ou seja, um momento feliz. Contudo, a alegria é mais que isso!


A alegria faz parte do fruto do Espírito Santo, logo, o ser alegre não se resume a algo momentâneo. Ser alegre é ser satisfeito, e mais que isso, é ser satisfeito em Cristo. É esta alegria que o Senhor nos ensina, e que vai totalmente na contramão do que é pregado pelo hedonismo da nossa sociedade!


“Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo” (Romanos 14:17).


Acreditar que a alegria é um sentimento que só pode ser proporcionado por acontecimentos é muito perigoso, pois nos enche de uma lógica consumerista. Dessa forma, é iniciada uma busca desenfreada por coisas ou pessoas que possam oferecer vislumbres de alegria, porém tudo isso é momentâneo, porque a vida não é formada apenas por acontecimentos felizes.


E não estou dizendo que você precisa evitar momentos felizes, todos nós gostamos, e o próprio Deus nos oferece momentos de alegria. O nosso Deus é um Pai amoroso, que nos oferece sim experiências alegres. Contudo, este não deve ser o foco da sua vida, porque em determinados momentos você pode até se ver barganhando com Deus, e isso não é saudável.


“Tu me alegras, Senhor, com os teus feitos; as obras das tuas mãos levam-me a cantar de alegria” (Salmos 92:4.


Qualquer outra coisa ou pessoa jamais poderá suprir o anseio que nós seres humanos temos por alegria e satisfação. Este tanque de amor, plenitude e alegria só pode ser completo em Deus, outra forma de suprir isto é um autoengano que trará apenas frustração. “Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!” (Filipenses 4:4).


Ser alegre, de acordo, com a ótica do Reino de Deus é exercitar o contentamento e sempre voltar os olhos para o Senhor e para a esperança que Ele nos oferece. E aqui eu uso a expressão “exercitar”, porque isso é uma prática, e que pode se tornar um desafio enorme nos dias de hoje.


Contudo, o desejo do meu coração é que Deus nos encha de sabedoria e alegria que só pode vir do Espírito Santo.


“Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo” (Romanos 15:13).


Por Camilla Melo