Buscar

31 - Quem te domina?


"Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus. Entretanto, vocês não estão sob o domínio da carne, mas do Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em vocês. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo."

Romanos 8.8-9 (NVI)


A partir do momento que você reconhece que Jesus é seu único Salvador, algumas coisas passam a mudar, e uma delas é que você não viverá mais para si mesmo, ou seja, não viverá mais para fazer a sua própria vontade e aquilo que der na telha, agora você vive para agradar a Cristo e para deixar que o Espírito Santo te torne em uma pessoa com o mesmo caráter de seu Salvador. Uma das qualidades de Jesus é o seu domínio próprio, e é sobre essa qualidade de Seu caráter que quero falar com você hoje. Vamos juntas?


Bom, todos nós sabemos que o domínio próprio é um fruto do Espírito, mas o que é domínio próprio? Eu não sei você, mas por muito tempo eu achava que domínio próprio e paciência eram sinônimos, isto é, eram iguais. Contudo, já vou te avisando que não. Domínio próprio e paciência não são iguais. Paciência (característica essa que já foi falado em alguns devocionais desse tema) é quando nós aprendemos a manter a calma em diversas situações, não deixamos o desespero e a ansiedade nos abater, não nos tornamos “explosivas” em situações estressantes, sabemos esperar as promessas de Deus, e assim segue a lista. Já o domínio próprio tem a ver com saber se controlar, controlar seus impulsos, seu modo de agir e, até mesmo, saber controlar sua língua (para saber mais sobre controlar a língua já temos uma série de devocionais aqui falando sobre esse tema)! Enfim, ter domínio próprio é literalmente isto: dominar a si mesma! Leia o que Paulo escreveu em 1 Tessalonicenses 4.4-5: “Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que desconhecem a Deus." Você conhece a Cristo? Então, já está na hora de começar a exercitar o domínio próprio em sua vida junto com a ajuda do Espírito Santo.


Acredito que todas nós aqui já ouvimos que por Jesus somos livres, certo? Bom, todos os que creram em Jesus se tornaram livres do pecado, mas há um fato interessante aqui que muitas vezes não prestamos tanta atenção: nós fomos libertas da escravidão do pecado, mas transformadas em servas de Cristo Jesus (Rm 6.20-23)! Logo, não temos a prerrogativa de podermos fazer tudo o que quisermos, pois agora nós somos servas de quem nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para seu Reino de Luz. Agora, leia o que Pedro escreveu e medite.


"Portanto, uma vez que Cristo sofreu corporalmente, armem-se também do mesmo pensamento, pois aquele que sofreu em seu corpo rompeu com o pecado, para que, no tempo que lhe resta, não viva mais para satisfazer os maus desejos humanos, mas sim para fazer a vontade de Deus. No passado vocês já gastaram tempo suficiente fazendo o que agrada aos pagãos. Naquele tempo vocês viviam em libertinagem, na sensualidade, nas bebedeiras, orgias e farras, e na idolatria repugnante. Eles acham estranho que vocês não se lancem com eles na mesma torrente de imoralidade e por isso os insultam. Contudo, eles terão que prestar contas àquele que está pronto para julgar os vivos e os mortos." 1 Pedro 4.1-5.


Juntando o que foi dito sobre agora sermos servas de Cristo e o versículo que acabamos de meditar, podemos chegar à conclusão de que não vivemos mais para nós mesmas, mas vivemos para Cristo! Vivemos para que Ele seja formado em nós, vivemos para glorificar o seu nome, vivemos em gratidão à Ele. Quem você tem deixado que te domine? O meu conselho é: deixe que o Espírito Santo te ensine a se dominar e forme em você o caráter do nosso Senhor Jesus!


Por Heloísa Galdino