Buscar

Tome sua cruz e siga-me

O momento que Jesus nos chama é um dos momentos mais cruciais das nossas vidas, é quando a chave vira, quando as coisas se encaixam e nossa vida realmente passa a ter um sentido.

A Bíblia nos relata o chamado dos primeiros discípulos e eu, particularmente, não consigo não me emocionar com esse fato. A chamada que mudaria a vida daqueles homens e do mundo inteiro foi feita de forma singela, e aparentemente sem muita graça, mas só quem já ouviu a chamada de Jesus entende a preciosidade desse momento.


“Caminhando junto ao mar da Galileia, viu os irmãos Simão e André, que lançavam a rede ao mar, porque eram pescadores. Disse-lhes Jesus: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. Então, eles deixaram imediatamente as redes e o seguiram.” Marcos 1:16-18 (ARA)


Que incrível! Jesus tem o poder de conquistar o coração com graça e bondade a ponto daqueles homens não questionarem o por que daquela chamada, eles simplesmente largaram as redes e seguiram a Jesus!

Caminhar com Jesus exige uma ação, deixar tudo e seguir. Eu sei, a caminhada em si não é fácil. Abrir mão de coisas que trazem certa “segurança”, como aqueles homens fizeram e crer naquilo que nem sempre é visível realmente é um desafio.


A caminhada é feita literalmente dia após dia, andando com Jesus, conhecendo Seu coração, entendo o Seu propósito e se preparando para a chamada. É esse caminhar com Jesus que nos prepara para sermos servas e pescadores de homens.


Às vezes o caminho é árduo, exige mais renúncias do que pensávamos e mais lágrimas do que gostaríamos. Porém, quando nossos olhos se voltam para a pessoa de Jesus, com seu olhar de amor é impossível voltar para trás.


Quando analisamos as escrituras, cremos nas promessas e entendemos que fazemos parte do plano celestial de Deus nossa visão acerca da caminhada muda. Nós fomos comissionadas a servir no plano que traz salvação para humanidade e é absolutamente impossível que as renúncias e lágrimas sejam maiores que a essa causa.


Jesus enquanto estava entre os discípulos e falava sobre o reino de Deus, sua morte e ressurreição disse aos discípulos e a multidão o que aquele que quisesse segui-lo deveria fazer: “Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.” Marcos 8:34 (ARA)


Seguir Jesus exige de nós carregarmos nossa cruz, muito diferente de como muitas de nós interpretamos, quando Jesus nos pede “a si mesmo negue, tome a sua cruz e siga-me” ele não está falando sobre um fardo que deveríamos carregar em nossa vida: viver em uma relação abusiva, problemas de saúde, problemas familiares, problemas com autoestima e assim por diante, com orgulho e autopiedade dizendo: “Essa é a cruz que devo carregar”. Quando Jesus diz: “a si mesmo negue, tome a sua cruz e siga-me” ele quer dizer “morra para si mesma!!”. É um apelo à rendição absoluta! É toda nossa vontade, achismo, padrão, pré-conceito e certeza se equivaler a nada para que a vontade do Reino dos céus entre em nossa existência.


Somente a rendição na nossa caminhada com Jesus nos fará prosseguir, somente a nossa constância nos fará aptos ao chamado de Cristo. Seja firme e prossiga em conhecê-lo a cada dia, viva de maneira que Ele seja glorifica e deseje ferozmente que Ele te molde para cumprir o Seu chamado com excelência, para que o nome do Pai continue sendo eternamente glorificado!


Por Mariana Cruz

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram