Buscar

A palavra que não volta vazia

Diversos momentos durante a nossa caminhada com Jesus, experimentamos situações que nos trazem desânimo, medo e insegurança. Na leitura bíblica da carta de Paulo, observamos que Timóteo estava passando por essa dificuldade, já que estava sendo desprezado por ser jovem. Paulo, por sua vez, encorajou seu irmão em Cristo, dizendo para este ser um exemplo aos fiéis em diversas áreas de sua vida a ponto de que isso sobrepusesse, a sua pouca idade. A seguir, Paulo exorta Timóteo a dedicar-se na leitura e estudo das Escrituras, assim como seu ensino.


Talvez o que tenha causado desânimo, medo e insegurança em você não seja o desprezo de outras pessoas pela sua juventude, mas sim, a dificuldade de um relacionamento familiar, a traição de um amigo, uma injustiça acontecendo no seu trabalho ou a incerteza do amanhã. Independentemente de qual seja a situação, Jesus te encoraja da mesma forma que Paulo encorajou Timóteo, para que você seja um exemplo “na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza...” Precisamos refletir Jesus com o que sai da nossa boca, através das nossas atitudes e da intensão do nosso coração.


De fato, não será da noite para o dia que seremos padrão ou parecidos com Cristo. Porém, pela graça de Deus, Ele deixou para nós como podemos buscar e prosseguir para esse alvo: caminhando com Jesus. E uma das formas de caminharmos com Ele é através da exortação que Paulo deu a Timóteo para prática constante de leitura das Escrituras.


Como é bom sabermos que temos um Deus Zeloso que nos deixou sua Palavra, a qual é repleta de ensinamentos e histórias reais, sempre atual e capaz de transformar o mais íntimo do nosso ser. A Palavra que conta a história de um Bebê que trouxe esperança para um mundo perdido, vivendo uma vida perfeita, sem pecados e mesmo assim foi condenado injustamente à morte de cruz, entregando Sua vida em favor das nossas e pagando por nossas dívidas. A Palavra que testifica que após três dias Jesus venceu a morte e ressuscitou! A Palavra que nos ensina a maneira que devemos viver. A Palavra que traz amor, restauração e esperança.


Como não amar um Deus assim? Em João 14.21, Jesus diz: “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama.” Guardar os ensinamentos de Jesus é uma prova de amor a Ele. Muitas vezes a nossa leitura bíblica tem sido apenas mais um item na nossa lista de afazeres, sem ao menos haver concentração de fato ou só lendo quando estamos na igreja durante o culto. O que muita gente esquece é que a leitura bíblica e estudo da Palavra, além de fazer parte do nosso crescimento espiritual, faz parte do nosso relacionamento com Deus. Precisamos investir tempo de leitura e estudo na Palavra. É quando conhecemos o nosso Pai, seu caráter, como Ele agiu com os nossos antepassados, como Ele age nos dias de hoje, quais seus atributos, o quão poderoso Ele é e qual a finalidade da nossa vida.


Você enxerga a Bíblia como a Palavra de Deus? Você a lê diariamente? Você é grato por tê-las em mãos e por Deus tê-la deixado para nós? Se você já tem esse hábito, glória a Deus por isso! Seja constante e peça para Deus sempre mostrar o que Ele quer trabalhar no seu coração. Se você não tem uma vida de leitura e estudo da palavra, crie o hábito, organize-se, defina pequenas metas. Ore e coloque diante de Deus o seu desejo de querer conhecê-Lo mais. Em seguida, aja, comece! Insista em ler a Palavra! Não é sempre que nós estaremos com vontade, mas uma coisa é certa: nós sempre seremos edificados.


Deseje caminhar mais perto de Jesus a cada dia, produzir frutos e ser um padrão para as pessoas ao seu redor. Tenha sede e fome da Palavra de Deus e queira refletir Jesus através do seu crescimento espiritual. Que o maior desejo do nosso coração seja viver para a glória de Deus até que Ele nos chame ou venha nos buscar.


Com base em 1 Timóteo 4.12-13.


Por Maressa Lopes

© VEM E VAMOS 
created by Danielli Cadore
 

  • Preto Ícone Spotify

DANIELLI CADORE

Obrigada por estar aqui!
me acompanhe no instagram
  • Instagram