19 - Eu, bondosa?


“Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo”

Efésios 4.32 NVI


Você já parou para refletir sobre “o que é bondade”? Bom, todos nós sabemos que bondade compõe o fruto do Espírito, mas você saberia definir bondade rapidamente assim como paciência, por exemplo? Hoje quero refletir com você sobre o que é bondade, afinal de contas, se desejamos nos tornar bondosas, antes devemos entender o que significa ter essa qualidade.


Segundo o dicionário, bondade é a “qualidade de quem tem alma nobre e generosa e é naturalmente inclinado a fazer o bem”. Você hoje poderia ser descrita como alguém bondoso a partir desse significado? Ao ler várias passagens na Bíblia que falam sobre esse tema, fica claro também que a bondade está muito ligada com a misericórdia, com a compaixão e com o perdão: “Falarei da bondade do Senhor, dos seus gloriosos feitos, por tudo o que o Senhor fez por nós, sim, de quanto bem ele fez à nação de Israel, conforme a sua compaixão e a grandeza da sua bondade” (Isaías 63.7).


Então, nós poderíamos dizer que ser alguém bondoso é ser alguém que tem como algumas de suas bases na hora de agir a compaixão, a misericórdia e o perdão. Olhe para dentro de si e reflita: “será que estou tendo essas bases na hora de agir para com os outros? Ou será que tenho sido grosseira, não me importando com o que outro está sentindo, não perdoando a quem me ofendeu?”. Para que o Espírito Santo possa trabalhar em nós, precisamos primeiramente admitir em que estágio estamos, por isso é necessário que você olhe para dentro de si mesma e seja sincera, respondendo a essas perguntas e a outras que tenham a mesma linha de raciocínio e forem surgindo em seu coração. Então, pare agora por um instante e reflita.


Agora que você já refletiu, o que descobriu? Você ainda acha que é tão boa quanto antes?

Ao te fazer refletir sobre esse assunto, não quero que você saia daqui e tente ser bondosa por suas próprias forças, pois você irá se frustrar consigo mesma. Lembre-se de que nosso exemplo máximo de bondade é Jesus, e nós fomos chamadas para seguir os seus passos (1 Pe 2.21), e acredite: nós não fomos deixadas sozinhas nem mesmo nessa tarefa de nos parecermos com Ele! Nosso Mestre nos mandou o Espírito Santo para que produzisse em nós o Seu fruto. Então para que nós venhamos nos tornar mulheres bondosas à imagem de Jesus, devemos cultivar um relacionamento profundo com o Espírito Santo!


Quer começar essa “jornada de bondade” hoje mesmo? Então, vá para o seu quarto, feche a porta e comece a se aprofundar em seu relacionamento com Deus. Peça à fonte da bondade que transforme o seu caráter e o seu jeito de viver, peça que não seja mais você quem viva, mas que Ele viva através de você. Esteja sensível à sua voz conforme Ele for te guiando para que, em seu dia a dia, Ele possa te usar para refletir o quão bondoso Ele é!


Por Heloísa Galdino