top of page

VOCÊ NÃO É CAPAZ!

Em nossas vidas muitas vezes olhamos para nós mesmos e encontramos o sentimento de incapacidade nos inundando. No livro de Êxodo, a partir do capítulo 3, Deus, ao ver a aflição de seu povo que estava sendo escravizado e oprimido no Egito, quis livrá-los e enviá-los à Terra Prometida. Para isso, o Senhor escolheu Moisés como líder, porém este se mostrou resistente, dizendo que não era capaz.


“Agora vá! Eu estarei com você quando falar e o instruirei a respeito do que deve dizer. (Êx 4.11-12)” Deus ordena que Moisés vá e - mais uma vez - assegura que estará com ele. E novamente, Moisés coloca um empecilho. Mais do que isso, ele suplica: “Por favor, Senhor. Envia qualquer outra pessoa! (Ex 4.13)” Não sei o que ocupava o coração de Moisés naquele momento: medo, indisposição, incerteza e incredulidade, mas algo que podemos observar é que ele considerava qualquer outra pessoa mais capaz do que ele para aquela função.

Somos tentados a nos comparar com os outros e achar que somos incapazes. Porém, a verdade é que o mesmo Deus que criou o outro foi quem me criou. E pode ser que o nosso colega tenha facilidades em realizar determinadas funções que para você seja mais difícil. Mas Deus te criou com singularidades e dons diferentes dos outros. E Ele prometeu estar conosco para cumprirmos nosso papel. E o seu papel, sendo usado por Deus, só você poderá realizar.


A história continua, vários desafios Moisés ainda precisou enfrentar para libertar o povo do Egito, assim como após a saída, durante o caminho no deserto. Muitos anos depois, após a morte de Moisés, a Bíblia afirma que “Em Israel nunca mais se levantou profeta como Moisés, a quem o Senhor conheceu face a face, e que fez todos aqueles sinais e maravilhas que o Senhor o tinha enviado para fazer (Dt 34.10-11).” Moisés marcou a história, mas não era extraordinário por si só ou por suas capacidades, mas porque ele era um homem ordinário que, mesmo errando, dispôs seu coração para fazer o que o Senhor o tinha enviado para fazer.


Diante dos desafios de nossas vidas, assim como Moisés, é muito fácil nos perdermos em desculpas, comparações, questionamento sobre quem somos, pensamentos sobre se os outro irão nos dar credibilidade e nossa incapacidade. E realmente, você não é capaz. Sozinho você não é capaz de absolutamente nada. Sozinho, Moisés não seria capaz nem de dar um passo. Mas o Eu Sou, aquele que nos criou com dons e vidas únicas, é capaz. E isso é um motivo de louvor. A nossa singularidade e o poder daquele que cuida de nós é motivo de louvor. Oro para que nossos corações estejam ensináveis para nosso crescimento, não para fins de comparação com outros, mas para glória de Deus. Oro para que nossos corações estejam dispostos para fazermos o que Senhor nos enviou para fazer e da maneira única que Ele nos criou.

Comentarios


bottom of page